laserterapia

Laserterapia

…..A laserterapia é utilizada em diversas situações tanto em humanos quanto em animais. É indolor, nada invasiva e muito utilizada no controle de doenças sistêmicas, para acelerar a recuperação de feridas, e para o tratamento de praticamente todas as doenças músculo esqueléticas. Controla processos inflamatórios, auxilia na redução de dor e promove uma ótima cicatrização, sem interações ou efeitos colaterais. A sua utilização pode ser como único método terapêutico ou como método complementar, permitindo reduzir o tempo de recuperação, e consequentemente, reduzindo o stress inserido no contexto clínico/hospitalar.

BENEFÍCIOS DA LASERTERAPIA

  • Aplicação rápida: Não causa estresse ao paciente.
  • Diferente dos medicamentos, não tem ação tóxica para os rins e fígado.
  • Técnicas não invasivas.
  • Aplicação Indolor.
  • Reduz rapidamente dores.
  • Possui efeito anti-inflamatório rápido: Reduz a necessidade do uso de antiinflamatórios.
  • Reduz o tempo de reabilitação.
  • Cicatriza lesões de pele rapidamente.
  • Não tem interações ou efeitos colaterais.
  • Trata praticamente todas as doenças musculo esqueléticas

USO DA LASERTERAPIA

  • Pós operatório de cirurgia plástica, de cirurgia ortopédica, pós parto e amamentação.
  • Articulações:  Com o intuito de melhorar a produção de líquido que nutre as cartilagens e diminuir a inflamação das cápsulas articulares, aliviando a dor local.
  • Feridas: Com o intuito de melhorar o aporte sanguíneo e multiplicação das células, ajudando na aceleração da recuperação de lesões.
  • Fraturas: Com o intuito de acelerar a cicatrização e consolidação óssea.
  • Inervações: Com o intuito de acelerar a recuperação da sensibilidade em casos de paralisias por neuropatias, traumas e hérnia de disco.

CONTRA INDICAÇÕES

…..Assim como todas as abordagens terapêuticas, a laserterapia também apresenta situações cuja aplicação é desaconselhada ou contraindicada. Aqui no site tem uma postagem específica falando sobre cada uma das contraindicações, se for do seu interesse, é só dar uma olhadinha lá.

  • Olhos.
  • Cardiomiopatias.
  • Gestantes.
  • Uso de anticoagulantes ou Hemorragias ativas.
  • Medicação fotossensível.
  • Neoplasia na região a ser irradiada.
  • Lesões clínicas sem diagnóstico.
  • Glaucoma.
  • Testículos.

Obrigada pela visita 😀