culinariafuncional, emagrecimento, endocrinologia, enfermagem, medicina, nutrologia, ortomolecular, receitas

Fermentados: Kombucha

 

     Conhecida pelas suas propriedades medicinais, já é consumida na China há milênios. Se trata de uma bebida probiótica, que contem lactobacilos vivos que ajudam no funcionamento do intestino. A grande questão é que probióticos em geral são encontrados no leite, o que não é o caso do kombucha, e por isso ele também é indicado a pessoas que possuem intolerância à lactose.

     Outra grande vantagem dessa bebida é que ela é desintoxicante, é rica e vitamina C, K e do complexo B, controla os radicais livres por ter ação antioxidante deixando o sistema imunológico mais forte contra doenças, e os seus micro-organismos também ajudam a combater a bactéria H. pylori, que é uma das grandes causadoras da gastrite.

Como preparar o kombucha

     O kombucha costuma ser comparado com o kefir porque ambos se tratam de bebidas probióticas fermentadas que podem ser produzidas em casa. Ainda assim, o seu preparo não é igual. Em primeiro lugar porque a colônia é diferente, sendo conhecida como scoby. Além disso, enquanto o kefir é fermentado no leite ou na água, com o kombucha o processo é feito no chá, que pode ser verde, preto ou mate. Essas três opções possuem uma boa quantidade de cafeína, e por isso são tão indicadas. Lembrando que dependendo do chá que você escolher a bebida pode ficar mais clara ou mais escura.

     Para preparar o kombucha é necessário ter uma colônia e 100 ml do líquido que vem com ela. Além disso, é preciso fazer 1 litro de chá, que deve ser adoçado ao gosto pessoal de quem irá usufruir da bebida fermentada. O açúcar utilizado pode ser tanto refinado quanto cristal ou demerara. Para começar, misture os três ingredientes em um pote e tampe-o com um pano preso por um elástico. A bebida pode levar até 15 dias para ficar pronta, mas você pode verificar a mudança de sabor a cada dois dias.

     Após o fim da primeira fermentação é preciso retirar a maior parte do líquido do pote e depois repetir o processo com o que sobrou. Essa grande quantidade de líquido é a que deve ser consumida por você. Uma dica é misturá-la com frutas e temperos para que ela fique com ainda mais sabor. Já na segunda fermentação o tempo de espera até a bebida ficar pronta pode ser menor. Inclusive, muitas pessoas preferem consumi-la logo por se assemelhar a um refrigerante.

Onde encontrar o kombucha

     Como o kombucha não está a venda é preciso encontrar alguém que esteja disposto a doar o seu. Mas não se preocupe, pois há diversos grupos no Facebook que reúnem pessoas dispostas a dar parte de sua colônia a desconhecidos. Procure um deles em sua cidade, solicite a doação e comece a preparar a sua bebida fermentada.

Fonte: Site conquistesuavida.com.br

 

Obrigada pela visita 😀

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s