culinariafuncional, emagrecimento, endocrinologia, nutrologia

Largando o açúcar

 

     Observe quantos desses sintomas você apresenta: Se sente cansado, pouco tempo após comer já está com fome novamente, desanimado, indisposto, apresenta episódios de compulsão alimentar, ansioso, sonolento durante o dia, com dificuldade de concentração, episódios de confusão mental, dificuldade de decisão, volatilidade de humor, dificuldade na perda de peso, gordura localizada, quadro de resistência a insulina e hipertensão arterial. Contou quantos destes sintomas estão presentes na sua vida? É, talvez este texto sirva para reavaliar a quantidade de açúcar que você está ingerindo.

     Eu sou super ativista contra o consumo exagerado de açúcar, ele tem sido o vilão e o culpado pelos maiores problemas entre os pacientes, e seu consumo em excesso tem trazido consequências devastadoras.

     A razão por que o açúcar é tão prejudicial ao nosso corpo, até mesmo tóxico, tem tudo a ver com seu efeito sobre a leptina (o “hormônio da saciedade”) e a insulina. A leptina é responsável por trazer saciedade ao organismo, mas quando ela entra em contato com o açúcar imediatamente é NEUTRALIZADA, e a pessoa perde o senso de SACIEDADE, como é o caso das pessoas obesas, além de adquirir resistência a insulina isso faz com que o equilíbrio hormonal fique em desvantagem.

     Infelizmente o açúcar tem o poder de desestabilizar o equilíbrio hormonal, emocional e mental da pessoa. Evitar apenas açúcar em si não é o suficiente, pois ele está presente em vários alimentos que consumimos, principalmente nos carboidratos de alto índice e alta carga glicêmica. Um outro ponto importante para ficar alerta é sobre os carboidratos industrializados, esses, além de conterem muito açúcar disfarçado, ainda possuem uma infinidade de substâncias químicas que são verdadeiros venenos.

Fonte: Doutor Luiz Henrique Rigatti.

 

OUTROS NOMES DO AÇÚCAR

 

     É isso mesmo! O açúcar tem inúmeros nomes diferentes para nos tapear, veja alguns: Dextrose; Frutose; Galactose; Glucose de milho; Lactose; Maltodextrina; Maltose; Mel; Melaço; Néctares; Sacarose; Xarope de açúcar; Xarope de Acer; Xarope de agave; Xarope de malte; Açúcar invertido;… Fique de olho nos rotulos, tudo isso aí causam os mesmos problemas no nosso corpo.

 

AÇÚCAR OU ADOÇANTE?

 

     Para ser bem sincera, NÃO precisamos de nenhum deles, o ideal seria adaptar o nosso paladar ao sabor natural dos alimentos, mas como na prática isso pode levar tempo, vamos refletir:

     Vira e mexe chega no consultório o paciente que não quer abrir mão do gostinho docê e me pergunta: Qual é o melhor açúcar? O que eu respondo? Não existe! Açúcar é açúcar e ponto final.

     Aí o paciente pergunta: E os adoçantes? Os menos piores são xilitol, eritritol e stevia. E mesmo assim eles devem ser consumidos com MODERAÇÃO:

🚫 Não adianta sair cortando o açúcar e adicionando adoçantes várias vezes no dia e muitas vezes em grandes quantidades, principalmente naquele cafézinho dos intervalos, sabe por quê?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🤔 Se você toma vários cafézinhos durante o dia e resolveu substituir o açúcar por adoçante, na hora que você toma o café é docinho né? Para o teu cérebro também é, e ele entende que está entrando açúcar no sangue e já manda um sinal para o teu pâncreas liberar insulina para baixar a glicose que “está no sangue” e carregar para “dentro das tuas células” como fonte de energia, só que quando essa insulina chega no sangue CADÊ A GLICOSE? Não tem, e essa insulina fica ali circulando esperniando exigindo a glicose dela, o que além de dificultar o emagrecimento, pode causar a longo prazo uma resistência à insulina.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Observação: Você sabia que xilitol em EXCESSO pode dar desconforto gástrico, dores abdominais, diarreia e faz muito mal para os animais?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Agora o paciente se desespera e pergunta: Ai meu Deus e agora o que eu faço?

  • Aprende a saborear os alimentos de forma natural.
  • Vai diminuindo aos poucos o açúcar, substituindo por tipos “menos piores” até reduzir bastante e chegar ao ponto que não precise mais adoçar.
  • Use adoçante em receitas que realmente precisem realçar o sabor doce, e quanto menor a quantidade, melhor.

 

COMA MENOS AÇÚCAR

 

     É comprovado cientificamente que o consumo de açúcar leva a compulsão, considerado até como uma “droga” que causa dependência, tornando-se um vício muito facilmente. isso acontece pq o açúcar interage no cérebro com os neuropeptídeos, e seu consumo produz serotonina (neurotransmissor do bem estar) e dopamina (neurotransmissor do prazer). Porém, se você é do tipo “formiga” é importante saber que o excesso e a compulsão pelo açúcar pode ter INÚMEROS prejuízos a sua saúde COMO: Disbiose, obesidade, diabetes, câncer, problemas cardíacos, envelhecimento precoce, dores de cabeça frequentes, enxaqueca, estimula as glândulas sebáceas (daí vem as espinhas), doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, entre outros problemas nocivos.

Mas como fugir desse vício?

  • Priorize alimentos naturais.
  • verifique rótulos dos produtos.
  • Fuja dos produtos refinados.
  • Pratique alguma atividade física.
  • Beba água.
  • Resista ao impulso de “beliscar”.
  • Siga uma alimentação com redução de carboidratos.

Fonte: Nutricionista Marilia Oliveira.

 

BENEFÍCIOS AO DIMINUIR O CONSUMO

 

     O açúcar desmineraliza e desidrata o organismo, por ser uma substância acidificante ele baixa o pH e “abre as portas” para o surgimento de diversas doenças, as tais doenças dos tempos modernos.

Algumas das razões pelas quais você precisa diminuir o consumo de açúcar:

  • O açúcar acelera o processo de envelhecimento.
  • O Açúcar ajuda no desenvolvimento da osteoporose.
  • O Açúcar é viciante.
  • O Açúcar contribui bastante para a obesidade.
  • 100% de certeza que o açúcar ajuda no desenvolvimento de Diabetes.
  • O Consumo excessivo de açúcar contribui para o aparecimento de artrite.
  • O açúcar pode levar ao alcoolismo.
  • O açúcar provoca um declínio na elasticidade e função dos tecidos: Quanto mais açúcar você consome, mais elasticidade e função você perde.
  • O açúcar reduz a capacidade do organismo se defender contra as infeções bacterianas.
  • É um dos principais responsáveis pela formação de cáries nos dentes.
  • O açúcar pode provocar doenças cardiovasculares.
  • O açúcar auxilia o crescimento descontrolado de Candida Albicans (fungo), principais nas mulheres, favorecendo o aumento das infecções vaginais.

     Agora que você já conhece os benefícios da exclusão do açúcar, que tal tentar levar uma vida mais saudável? O ideal é consumir alimentos sem o acréscimo de açúcar, eu sei que é difícil fazer uma mudança dessa assim derrepente, mas tudo é hábito! Vai retirando aos poucos e vai se acostumando com o sabor natural dos alimentos, logo logo quando menos esperar não vai precisar mais usar açucar em nada.

Foto: Site de imagens gratuitas freepick.com – Fotógrafo: jcomp.

 

Obrigada pela visita 😀

CONTINUE FUÇANDO O SITE

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s