emagrecimento, enfermagem, estetica, feridas, ozonioterapia

Ozonioterapia em estética

…..A ozonioterapia na estética é uma ótima opção por não ter riscos de rejeição, alergias ou mesmo infecção, isso facilita muito a vida do profissional. São vários os tratamentos, com muitos benefícios e com um custo relativamente baixo. As aplicações podem ser feitas de diversas maneiras, que variam de acordo com as necessidades e objetivos de cada tratamento.

…..É necessário possuir um local apropriado, o gerador de ozônio medicinal, o cilindro abastecido de oxigênio medicinal, alguns insumos básicos, e realizar um bom curso de extensão. Eu reforço no “bom”, pq esse é o ponto mais importante, realizar um curso em uma instituição qualificada com professores qualificados, que prepare os alunos de verdade para que não saiam fazendo cagada nos pacientes.

Aplicações na estética

  • Rejuvenescimento facial e corporal.
  • Pós-operatório de cirurgia plástica.
  • Redução de gordura localizada.
  • Redução de celulite.
  • Recuperação de estrias vermelhas.
  • Redução de acne.
  • Clareamento de vasinhos.
  • Controle da flacidez de pele.
  • Controle da queda capilar.
  • Reduz retenção de líquidos por melhorar circulação sanguínea e linfática. 
  • Ação sistêmica anti-aging.
  • Aumento do desempenho nos esportes.

COMO FUNCIONA

Gordura localizada e celulite: Via local – Injeção subcutânea do gás diretamente no local: Possui efeito lipolítico (quebra de gordura), onde ocorre a reação do gás com as membranas das células de gordura, reduz a inflamação local e o edema.

Melhora o aspecto da pele: Via tópica – Massagem facial ou corporal utilizando óleo ou cosméticos ozonizados: Ativa a circulação periférica e microcirculação, oxigenando os tecidos, estimulando a atividade dos glóbulos vermelhos e por consequência melhora o aspecto da pele

Rejuvenescimento: Via local – Aplicações com PRP e PRF ozonizados: Libera fatores de crescimento estimulando a regeneração, favorecendo o preenchimento e rejuvenescimento da pele de forma natural, não corre o risco de rejeição pois é extraído do próprio sangue do paciente; Via sistêmica: Proporciona um ótimo efeito antioxidante, e o que os antioxidantes fazem? Retardam o envelhecimento! Eita coisa boa 😀

Queda de cabelo: Via local – Aplicação subcutânea e dérmica: Estimula a vasodilatação, favorecendo a oxigenação do folículo obstruído.

Clareamento de vasinhos: Via local: Injeção direta do gás: O objetivo é estimular a circulação do vaso sanguíneo comprometido, gerando uma aparência mais suave e clara de forma progressiva a cada aplicação.

Hidrozonioterapia: Via tópica – Em banheira com água ozonizada: Melhora a circulação sanguínea, a drenagem linfática e proporciona o relaxamento muscular.

Pós-operatório de cirurgia plástica: É muito utilizado para acelerar a cicatrização da ferida cirúrgica, diminuindo bem o risco de inflamações e infecções, prevenindo fibrose, queloide ou deiscência cirúrgica, proporcionando uma cicatriz fininha e uniforme.

Profissionais que atuam em estética

  • Biomédico: Especialista em estética.
  • Fisioterapeuta: Especialista em dermatofuncional.
  • Enfermeiro: Especialista em enfermagem estética ou dermatologia.
  • Farmacêutico: Especialista em estética.
  • Médico: Especialista em dermatologia ou medicina estética.

Aspectos legais: O profissional da área de saúde deve estar capacitado em cursos específicos para poder praticar a ozonioterapia nas suas diversas aplicações terapêuticas, e de forma responsável exerça a prática dentro de seus limites éticos e técnicos.

Obrigada pela visita 😀

Fontes de pesquisa
1. Cursos IBCOZ: Instituto brasileiro de ciências aplicadas ao ozônio.
2. PubMed: Artigos científicos sobre a ozonioterapia na estética.