enfermagem, feridas, ozonioterapia, veterinaria

Ozonioterapia em veterinária

…..A ozonioterapia é uma modalidade terapêutica complementar que tem sido utilizada em diversas enfermidades que acometem os humanos e animais domésticos desde a Primeira Guerra Mundial. O ozônio medicinal é indicado com significativa eficiência no tratamento de patologias de origem inflamatóriainfecciosa e isquêmica, podendo também servir como ativador imunológico quando administrado em vias específicas.

COMO CONHECI A OZONIOTERAPIA

…..Eu conheci a ozonioterapia por causa do meu cachorrinho velhinho, ele desenvolveu insuficiência renal, e os medicamentos não estavam mais funcionando, na verdade estavam intoxicando e destruindo mais ainda os rins e fígado dele, a sugestão profissional era de sacrificar, mas eu ainda não estava convencida. Peguei ele no colo e fomos procurar tratamentos alternativas, no mesmo dia achamos uma veterinária que já praticava a ozonioterapia, após realizar a insuflação retal nele fui para casa meio cética, como um gás no fiofó poderia ajudar o meu Suki? É, ajudou muito! Viveu mais de um ano feliz. Contarei mais em outra postagem 😃

O QUE É O OZÔNIO

…..É um gás naturalmente presente na atmosfera, composto por três átomos de oxigênio (O3), é incolor, com odor característico e bem perceptível. Por possuir propriedades viricida, fungicida e bactericida, é utilizado também no tratamento de água para consumo, higienização de clínicas e hospitais para eliminar bactérias resistentes a antibióticos, controlar mofo de pequenos ambientes, e por aí vai.

…..No Brasil, a utilização terapêutica do ozônio ainda é muito reduzida com poucas publicações em português sobre o seu uso na clínica veterinária, porém, quando buscamos fora, encontramos uma infinidade de estudos comprovando a eficácia da terapia em diversas patologias e quadros diferentes, com protocolos em uso testados e aprovados em vários países do mundo.

Aplicações na veterinária

  • Melhora a circulação sanguínea.
  • Auxilia na cicatrização de feridas em geral.
  • Alívio e tratamento de dor.
  • Possui ação anti-inflamatória.
  • Proporciona uma sobrevida em cães e gatos com insuficiência renal crônica.
  • Ameniza os efeitos colaterais dos tratamentos convencionais para câncer.
  • Auxilia no tratamento de alergias.
  • Complementa no tratamento de doenças degenerativas.
  • Auxilia no tratamento de infecções fúngicas, bacterianas e virais.

Formas de aplicação

  • Tópico: Bolsa de ozônio; Óleo ozonizado; Cupping; Hidrozonioterapia; Água ozonizada; PRP ozonizado.
  • Sistêmico: Insuflação retal; Auto-hemoterapia (maior, intermediária ou menor).
  • Endovenosa: Fluidoterapia (solução salina); Auto-hemoterapia.
  • Injeções: Intramuscular; Subcutânea; Intradérmica.
  • Insuflações: Retal; Vaginal; Uretral; Vesical; Conduto auditivo; Ocular.
  • Infiltrações: Intra/periarticular; Paravertebral.
  • Em cirurgias: Intra discal; PRF ozonizado.

Mesmo depois de todos esses anos tratando humanos e animais, vira e mexe ainda me pego de queixo caído com os resultados que presencio.

Obrigada pela visita 😀

Referências consultadas
1. Artigos: PubMed.
2. Livro: Ozonioterapia em medicina veterinária da IBO3A.
3. IBCOZ: Cursos de ozonioterapia.
4. VIII EPCC: Considerações sobre o uso da ozonioterapia na clínica veterinária. Matheus Carmo Vilarindo; Marcia Aparecida Andreazzi; Vanessa Sandri Fernandes.
5. VIII EPCC: Propriedades analgésicas da ozonioterapia. Vinicius Eduardo Gargaro Silva; Fernando Silvério Ferreira da Cruz; Ingrid Hoffmann Correa; Thais Akeli Sanchez Kovacs; Douglas Rorie Tanno.
6. Pubvet: Publicações em medicina veterinária e zootecnia. Aplicações da ozonioterapia na clínica veterinária. Bruno Rocha Penido; Camila de Aguiar lima; Luiz Fernando Lucas Ferreira.
Foto: Site de imagens gratuitas pexels.com – Fotógrafo: Snapwire.